quinta-feira, 28 de maio de 2015

Vestígios

Até que o mundo desesperado
se reverta
construo mais uma teia
sendo no fim
tudo o que sou
vanguarda dos sonhos
eleitos perfumados
perscrutando toques
que me surpreendem
a fazer do amor
o tacto imaginado em mim...


Ana Negrão Ferreira


Sem comentários:

Enviar um comentário