domingo, 12 de outubro de 2014

Novos elementos

Fico deste lado
corro a aventura 
da solidão perpétua
calma de tudo absorta de tudo
olho rios, pontes e barcos
pescadores, gaivotas e peixes exilados

mar
amo-o sempre
até no brilho da noite  
a perspectiva contorcida
de novos elementos 
e de cores 
tão estranhamente decoradas...

Ana Negrão Ferreira
Divagações Nocturnas

Sem comentários:

Enviar um comentário